Paulo Gustavo gera polemica com comentário contra a “Parada gay”

Atualmente com a peça “220 volts”, no teatro “Oi Casa Grande”, na zona sul do Rio de Janeiro, o comediante e ator Paulo Gustavo deu o que falar em uma entrevista ao jornal “O Dia”. O que ele não imaginava, é que o seu comentário relativo ao mundo gay iria gerar tanta polêmica e repercussão, repudiando o seu posicionamento.

“Eu não teria problema em falar se sou gay ou se sou hétero. Mas acho que ficar levantando bandeira para esse assunto é que gera o preconceito. Eu sou contra a Parada Gay, acho que não tem que ter isso. Não existe Parada Hétero. Acho que, com isso, a gente fica só valorizando os idiotas. Os que são preconceituosos devem ser ignorados simplesmente”, disse.

Após achar que foi mal interpretado, ele usou a sua conta no instagram para publicar um texto explicando o porquê de sua opinião divulgada na entrevista.

Novamente não agradou muito para quem leu. “Você não foi mal interpretado, e não foi só essa besteira que você falou. Chegou ao cúmulo de comparar uma parada gay a uma “parada hétero”. Não chame o interlocutor de burro! Burrice foi sua declaração”, comentou um seguidor.

Veja a sua declaração no instagram…

paulogustavo

Thiago Araujo é editor-chefe do Pheeno! Formado em jornalismo pela UFRJ, o carioca de 27 anos comanda projetos em comunicação para diversos clientes em seu escritório no Rio, principalmente no ramo do entretenimento. Além disso, ainda é DJ de música pop, viajando o Brasil em eventos onde o agito é palavra de ordem!