Suzane von Richthofen se casa com sequestradora e ex de Elize Matsunaga na cadeia

A vida de Suzane von Richthofen não parou de mudar desde que foi presa, em 2002, condenada a 38 anos e seis meses pela morte dos pais. Ela tornou-se evangélica, abriu mão de lutar pela herança dos pais, tenta se reaproximar do irmão e, agora, está casada com outra detenta! Quem ganhou o coração de Suzane foi Sandra Regina Gomes, condenada a 27 anos de prisão pelo sequestro de uma empresária em São Paulo. Antes de se envolver com Suzane, Sandra era casada com a também famosa Elize Matsunaga, que foi presa acusada de matar e esquartejar o marido, o empresário Marcos Matsunaga.

O casamento na penitenciária, na verdade, é a assinatura de um documento de reconhecimento afetivo. É ele que garante que as presas convivam como um casal, em uma ala especial da prisão. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, tudo indica que o envolvimento das duas teria começado na fábrica de roupas da prisão, onde ambas trabalham. Na época, Sandra ainda era casada com Elize e, segundo relatos, Suzane foi a responsável pela separação.

Mas bapho não para por aí! Ainda de acordo com a Folha, Suzane despertou paixões também em outras penitenciárias. Em Rio Claro, duas funcionárias do presídio se apaixonaram por ela e forneceram algumas regalias ilegais, como acesso à internet. A história só veio a tona porque elas brigaram entre si pelo amor de Suzane. Em Ribeirão Preto, um promotor teria se encantado por ela e prometido lutar para tirá-la da “vida do crime”, e acabou sendo denunciado por Suzane. Qualquer semelhança com a série “Organge Is The New Black” é mera coincidência, né?!

Apaixonado por Comunicação, Marcelo Haubrich é editor do Pheeno e também responsável pelo marketing e redes sociais do site! Além disso, o carioca de 25 anos acumula diversas funções na noite brasileira: designer, produtor, DJ, entre outras.

Comentários no Facebook