Pesquisadores desenvolvem método para smartphone detectar HIV e sífilis

A quantidade de acessórios e aplicativos para smartphones crescem e evoluem a cada dia, nos proporcionando uma total versatilidade dos aparelhos. A mais recente, envolve pesquisadores da Universidade de Columbia, que acabam de desenvolver um acessório para smartphones que promete realizar testes de HIV (o vírus da AIDS) e sífilis.

O aparelho, anexado ao celular, é capaz de reconhecer uma pessoa soro positivo em menos de 15 minutos. Além de diagnosticar o vírus da AIDS, ele é capaz de identificar a presença de vírus causador da sífilis em apenas uma gota de sangue que está sendo testada. O aparelho reproduz todas as funções mecânicas, ópticas e eletrônicas de um teste de sangue em laboratório sem necessidade de qualquer energia armazenada, tirando a energia necessária a partir do smartphone. Os prrimeiros testes foram realizados com 96 mulheres em Ruanda, na África.

O desempenho, segundo os pesquisadores, foi “quase tão bom” quanto o exame tradicional. Os pesquisadores constataram sensibilidade (capacidade de indicar corretamente a doença) de 92% a 100% e especificidade (capacidade de excluir corretamente não infectados) de 79% a 100%. O gadget, cuja fabricação custa US$ 34, uma enorme diferença comparada a equipamentos padrões, que custam em média US$ 18 mil, foi desenvolvido para ajudar em clínicas itinerantes que são montadas para ajudar populações distantes ou com sistema de saúde precário.

Confira um vídeo de demonstração…

Apoio: Ministério da Saúde – #PartiuTeste!

partiu-teste-pheeno-corpo

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!