Advogado acusado de matar e concretar namorado dentro de balde confessa crime

166791_10207312884593344_5679780589189261003_n

Um dos advogados mais renomados de Diadema, na grande de São Paulo, Márcio Paulo Fagundes da Silva foi indiciado por ocultação de cadáver, o que garantiu a prisão dele na condição de flagrante. Márcio confessou ser o responsável pelo assassinato do namorado, Bruno, de 26 anos. Após o crime, que aconteceu no dia 24 de dezembro, o advogado cortou a vítima em várias partes e concretou o corpo em baldes.

O crime chocante aconteceu no prédio onde morava o casal e a mãe do advogado. Mesmo concretando o corpo da vítima, o forte cheiro de putrefação chamou a atenção dos vizinhos, que logo chamaram a polícia. O crime teria começado na sala e terminado na área de serviço. Em depoimento, o advogado disse que o namorado entrou em surto psicótico por estar sob efeitos de drogas e começou a ouvir vozes. Bruno e Márcio, se conheciam há mais de 5 anos e moravam juntos desde o começo de 2015.

Bruno morreu aos 26 anos
Bruno morreu aos 26 anos

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!