Adidas se compromete a proteger os direitos de seus atletas LGBT

adnews-7299861291455559412885ed059df80b5a919ee6c474cf7313eba5f0e46

A Adidas, segunda maior empresa de artigos esportivos do mundo, acaba de dar um salto à frente das outras marcas do setor. A partir de agora, os atletas patrocinados pela marca têm garantias contratuais de que eles podem tornar – se assim quiserem – a sexualidade pública. Sejam eles gays, bissexuais ou transexuais.

Segundo o BuzzFeed News, a Adidas adicionou uma cláusula no contrato de patrocínio que diz: “A Adidas reconhece e adere aos princípios da diversidade sendo esta uma parte central da filosofia do grupo. Assim, a Adidas garante que este acordo não será nem terminado nem modificado caso o atleta venha a público como um membro da comunidade LGBT”.

Em diversos países, o rompimento de contratos por orientação sexual é permitido. Nesses casos, a Adidas conseguirá ser um importante intermediário. Nicola Adams (boxe), Keegan Hirst (rugby) e Casey Stoney (futebol).

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!