Pezão exonera secretário de Direitos Humanos que defendeu “cura gay”

Deputado-Apóstolo-Ezequiel-Teixeira-1100-810x442

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão exonerou, nesta quarta-feira (17), o secretário Ezequiel Teixeira (PMB-RJ) da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos. A decisão foi tomada no mesmo dia da publicação de entrevista ao jornal “O Globo” na qual Teixeira, que é deputado federal, diz ser a favor da “cura gay”.

Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do Governador do Estado, o cargo de secretário de Assistência Social e Direitos Humanos será ocupado pelo atual secretário de Governo, Paulo Melo (PMDB-RJ), ex-presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio).

Ezequiel Teixeira é pastor evangélico e assumiu a secretaria no dia 15 de dezembro do ano passado, substituindo a economista Teresa Cosentino. Desde então, o programa Rio Sem Homofobia, criado em 2007 pelo governo e ligado à secretaria, perdeu 65 dos seus 80 funcionários! Atualmente, o órgão atendem apenas aos casos de emergência, como ameaças de morte e violência, “para não fechar as portas”. Sem psicólogos, advogados e assistentes sociais, sobraram apenas os coordenadores. O programa era considerado referência nacional no combate à homofobia!

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!