Obama diz que filhas foram responsáveis por mudar sua opinião sobre casamento gay

alx_obama-filhas-201520151125_0036_original

O presidente dos EUA, Barack Obama, contou neste final de semana, que suas filhas, Sasha e Malia, tiveram um papel fundamental na sua mudança de visão – e de opinião – sobre o casamento gay.

“Tenho que confessar que minhas filhas geralmente exercem impacto em mim”, disse Obama para 500 líderes em uma conferência no último sábado (23/04), em Londres, durando a sua visita ao Reino Unido. “Não é apenas uma questão de direitos legais, mas de sentimento e estigma. Se você se refere a algo de um jeito diferente, significa que, de alguma forma, seu significado é menor aos olhos da sociedade.”

Segundo Obama, ele acreditava que a união estável era suficiente para garantir os mesmo direitos para heterossexuais e gays, mas descobriu que o uso do termo “casamento” faria grande diferença para acabar com o estigma. “Pessoas que eu amo e que estavam em relações homossexuais e monogâmicas me explicaram o que eu deveria ter entendido antes”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!