“Hollywood é conservadora demais para ter um super astro gay”, afirma Jared Leto

axelle-bauer-griffin1

Jared Leto pode ter ganho um Oscar ao encarnar uma personagem trans em Clube de Compras Dallas, mas ele não acha que Hollywood está pronta para um super astro gay. “Eu definitivamente acho que um ator gay não teria as mesmas oportunidades do que um ator heterossexual”, comentou Leto em entrevista à GQ.

“Eu não sei se isso é ofensivo vindo de mim ou não, mas é o que eu penso. Não deveria ser assim, mas não acho que um ator gay teria as mesmas oportunidades que eu tive. E acho que isso pode-se dizer de várias outras minorias”, continuou. Segundo o ator, o “cinema ainda é um negócio muito conservador”.

“Estamos num momento interessante agora em que as pessoas estão explorando áreas novas de identidade, se libertando da dualidade feminino e masculino”, comentou ainda o ator. “Talvez estejamos criando um novo paradigma, e acho que isso é ótimo. Muita gente ainda é marginalizada, e acho que precisamos achar uma identidade para nos entender. Para mim, nunca tive uma ideia específica de masculinidade. Eu acho que é ok simplesmente ser você mesmo”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!