Você sabia que, além de Lea T, outras duas mulheres trans foram destaques na abertura das Olimpíadas?

fabiola

Nós contamos aqui no Pheeno sobre a participação da modelo Lea T na cerimônia de abertura das Olimpíadas no Rio de Janeiro. A brasileira de 35 anos fez história ao se tornar a primeira transexual a ter papel de destaque em uma edição dos Jogos. O que muita gente não sabe, porém, é que outras duas mulheres trans também tiveram a mesma honra: Fabíola Fontenelle e Maria Eduarda Menzes brilharam na cerimônia, cada uma em sua bicicleta.

Fabiola, que trabalha como figurinista, foi responsável por puxar as delegações da Alemanha, República Tcheca, índia, Emirados Árabes Unidos, entre outras; enquanto a agente de turismo Maria Eduarda, puxou a delegação de Moçambique, Suécia e República Islâmica do Irã. As duas arrasaram, diga-se de passagem.

Em entrevista ao site NLUCON, Fabíola comentou a participação: “Não só a Lea T, como eu e a Maria Eduarda Menezes estamos juntas com ela na abertura das Olimpíadas. Dei uma entrevista sobre ser trans no Brasil hoje para a TV alemã. Deixei bem claro que estamos felizes com o convite, só que a realidade do nosso país é bem diferente. Existe, sim, muito preconceito”.

13932669_1810891955814188_76274254992785220_n

13912410_10202020493632090_8995450864907637863_n

13907114_10202020494112102_2529165349847956056_n

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!