Gay-for-pay! Jogador de futebol tem passado pornô revelado: “Estava pensando no dinheiro”

jogador-porno-gay-pheeno-capa

Cathal McCarron, jogador de futebol gaélico, estilo de futebol mais jogado na Irlanda, teve seu passo jogado à tona nos tabloides locais! Considerado astro do esporte irlandês, ele estampou as manchetes após descobrirem seu passado em um pornô gay-for-pay, onde atores héteros recebem um valor em dinheiro para participar do filme.

O motivo que o levou a participar da produção, segundo o atleta de 28 anos revela em sua autobiografia, ititulada “Out Of Control” (Fora de Controle, em português), foi o seu vício em jogos de cassino, quando ele tinha apenas 25 anos. “Eles eram uma empresa de pornografia. Eles perguntaram se eu estaria interessado em algum trabalho”, disse McCarron, explicando que ele tinha respondido a um anúncio de jornal à procura de “modelos masculinos”. Segundo conta no livro, ele afirma que o filme seria exibido apenas em canais pay-per-view de hotéis dos EUA.

Se você tem mais de 18 anos e ficou a fim de assistir ao filme?! Basta clicar AQUI!

“Qualquer pessoa em sua sã consciência sabe que o material poderia aparecer em qualquer lugar, mas eu não estava no meu juízo perfeito. Então, acabei aceitando a oferta de trabalho”. McCarron disse que, inicialmente, os produtores ofereceram 200 euros (aproximadamente R$ 600) para aparecer apenas urinando. No entanto, a oferta logo aumentou para 3.000 euros (mais de 10 mil reais) caso topasse ser filado transando com outro homem. “Tudo o que eu estava pensando era o dinheiro que eu ia receber depois”, contra o jogador.

cathal-mccarron-4-752x501

McCarron conta que se sentiu “humilhado” e “aborrecido” logo depois que terminou a gravação, mas que tudo desapareceu após receber o dinheiro. Apesar do fato ter ocorrido em 2014, o assunto voltou a virar notícia após o lançamento de sua autobiografia. No mesmo ano, após uma grave crise de depressão, o atleta entrou na reabilitação e resolveu da um ponto final no seu vício em jogos.

Hétero, o jogador afirma não se importar que as pessoas duvidem da sua sexualidade. Segundo ele, as melhores mensagens de apoio vem da comunidade LGBT. “Eu respeito completamente a comunidade LGBT, porque eu realmente apreciado suas mensagens de apoio, enquanto tantos outros querem me ver enterrado”.

2015-05-16_new_9571717_i1

cathal

cathal-mccarron-n

picture-610

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 21 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Comentários no Facebook