Membro da família Kennedy é preso após defender amigo de homofóbicos

keneddy-preso-amigo-gay

Conor Kennedy, neto do político americano Robert F. Kennedy, foi preso na última quinta-feira (29/12) após brigar em um bar de Aspen. Segundo o site TMZ, o jovem de 22 anos teria brigado para defender um amigo de um insulto homofóbico.

Segundo relatos, Kennedy pediu aos homens para pedir desculpas aos amigos, foi quando quando a confusão começou. “As testemunhas oficiais dizem que viram o jovem dando uns quatro ou cinco murros na cabeça de outro indivíduo”, contou a polícia de Aspen, num comunicado enviado à imprensa.

Connor saiu em liberdade sem pagar fiança, mas terá que se apresentar no tribunal no dia 22 de fevereiro, segundo informação confirmada por um membro da família do rapaz. O neto de Robert F. Kennedy pediu desculpa aos agentes após ser acusado de conduta desordeira.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 21 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Comentários no Facebook