Pastor propõe lei contra o “aumento de masturbação” na internet

pastor-sp-masturbacao-pheeno-capa

Com tanta coisa mais importante para se preocupar aqui no Brasil, tem deputado querendo proibir a masturbação alheia! Um projeto do deputado federal Marcelo Aguiar (DEM-SP) que trâmita na Câmara dos Deputados, em Brasília, tenta diminuir o número de “masturbação” na Internet.

Para isso, a PL 6.449/2016 quer obrigar as operadoras a criarem sistemas que filtre e interrompe automaticamente todos os conteúdos de sexo virtual, prostituição, sites pornográficos. No texto, o pastor se justifica dizendo que “a pornografia veio substituir a prática sexual com outra pessoa” e que os jovens são os principais suscetíveis a desenvolver dependência de conteúdo erótico.

Aguiar ainda alega que “estudos atualizados informam um aumento no número de viciados em conteúdo pornô e na masturbação devido ao fácil acesso pela internet”. Músico com carreira sertaneja e gospel e pastor, o deputado Marcelo Aguiar foi eleito em 2010 com 98.842 votos, mas obteve apenas 65.970 votos em 2014, ficando como primeiro suplente da bancada. Tomou posse em fevereiro de 2015.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!