Vítima de homofobia na web, Leonardo Vieira procura delegacia para denunciar ataques

leonardo-4

Vítima de ataques homofóbicos após ter fotos onde aparece beijando um outro rapaz em uma festa, o ator Leonardo Vieira procurou nesta segunda-feira (09/01), a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro, para denunciar os ataques virtuais que vem sofrendo.

“Vim prestar queixa dos ataques homofóbicos que estou sofrendo, a delegacia tem meios de achar essas pessoas que eu tenho. Vou avaliar posteriormente se vou fazer uma queixa crime contra essas pessoas”, disse Leonardo em entrevista ao site EGO. “Eu, como pessoa pública, me sinto na obrigação de tomar à frente disso, de participar desse movimento contra as diferenças (sic), porque a minha voz é mais facilmente ouvida do que a de um menino que é atacado na favela por ser homossexual. Ele talvez nunca seja ouvido, talvez comece a achar, inclusive, que é errado dar vazão ao que ele é de fato”.

Segundo a delegada assistente da DRCI, Fernanda Fernandes, que está cuidando do caso, o próximo passo é apurar a autoria dos ataques. “A injúria foi motivada em razão do preconceito e orientação sexual, fica no artigo 140 e a pena é de até seis meses. Foi feito o registro hoje e nós vamos apurar a autoria. Depois de apurado, vamos quebrar o sigilo”, afirmou ela. Ainda na entrevista, o ator afirmou que não é a exposição do beijo que o incomoda. “Não fiz nada demais. Um beijo é um ato de amor. O que me incomoda é a exposição generalizada”, disse.

Confira o clique…

leonardo-3

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!