Pessoas atraentes têm relacionamentos menos duradouros, diz estudo

Acredite ou não, mas pessoas consideradas mais atraentes tendem a ter um relacionamento menos duradouro. Pelo menos é o que garante uma pesquisa do departamento de psicologia de Harvard, nos EUA, publicada na revista científica “Personal Relationships”. A conclusão foi feita através do cruzamento dos resultados de quatro pesquisas diferentes.

A primeira delas envolveu 238 pessoas e constatou que as pessoas consideradas mais atraentes durante os anos de colegial tiveram casamentos mais curtos e estavam mais propensas ao divórcio. O estudo número 2 replicou o mesmo resultado usando uma outra amostra: 130 celebridades conhecidas.

No terceiro estudo, analisando 134 pessoas, as pesquisadoras concluíram que pessoas atraentes tendem a planejar o próximo relacionamento e procurar pessoas igualmente atraentes mesmo quando estão comprometidos. O quarto e último estudo, com 156 amostras, mostrou que os participantes que se sentiam mais bonitos consideraram pessoas mais atraentes que os que se sentiam menos atraentes. O efeito foi ainda mais chocante em relação aos que se diziam infelizes no relacionamento atual.

Segundo a líder da pesquisa, Christine MaKellams, pessoas atraentes estariam mais propensas a términos e divórcio porque têm menos força de vontade para manter um relacionamento saudável. Segundo as estudiosas, a beleza daria a a ideia de que há mais e melhores opções de escolha fora do namoro e casamento atual.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 21 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Comentários no Facebook