Miguel Falabella comenta boatos de que teria HIV: “Foi horrível”

Em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”, Miguel Falabella relembrou o sofrimento que passou quando foi vítima de um boato de que havia contraído o vírus HIV no final dos anos 80, propagado por uma manchete sensacionalista da extinta revista “Amiga”.

“As pessoas me mataram de AIDS. Eu entrei em uma loja uma vez e a loja ficou vazia, todo mundo saiu”, desabafou o ator. Miguel lembra que na época até fez um exame para desmentir a publicação. “Na época isso pra mim foi horrível, imagina a minha avó, a minha família, os amigos que se preocupavam… A minha vida ficou um inferno, eu fiquei um mês trancado dentro de casa”, revelou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!