Versão gay da Santa Ceia, criada por grupo LGBT, causa polêmica

Em Salerno, na Itália, a organização LGBT Divercity, vem causando polêmica com a divulgação de uma festa que acontece nesta sexta-feira (14/04), Feriado Santo. O motivo?! O grupo criou uma versão gay e erotizada da Santa Ceia para divulgar um evento.

A imagem mostra Jesus com seus doze discípulos despidos e se beijando. Raffaele Adinolfi, representante local do partido Il Popolo della Famiglia, vem pedindo o cancelamento do evento e censura da imagem. “Nós do Popolo della Famiglia podemos apenas expressar publicamente nossa indignação e convidar todos os habitantes de Salerno, crentes e não-crentes, a fazerem o mesmo”.

“A imagem é ofensiva e alternativa a apenas uma coisa: o bom gosto” continua. O partido de que faz parte se opõe ao casamento homoafetivo, ao aborto, ao divórcio e ao uso de barrigas de aluguel. Em resposta, Emanuele Avagliano, uma das organizadoras da DiverCity, declarou que eles respeitam “a opinião alheia, mas igualmente reiteramos com força e convicção nossa liberdade para vivermos e nos divertirmos da maneira como acharmos melhor”.

“Enfatizamos que a peça de comunicação que utilizamos não tem como intenção blasfemar, nem ofender, nem desrespeitar. Nossas cores, nossos sorrisos e nossos corações não podem nem devem ser contidos por pessoas que se escondem por trás do racismo político e da homofobia”, finaliza.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 21 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Comentários no Facebook