Ex-lutador de MMA sai do armário comparilhando vídeo de seu casamento

O ex-lutador de MMA Jefferson “Tanque” Silva, que já foi campeão do K-1 GP Brazil, recentemente se assumiu gay ao compartilhar o vídeo de seu casamento com o americano Rob Sullivan. O casal se conheceu em 2013, no Rio, e Rob também treina Muay Thai. Antes de assumir sua sexualidade, apenas alguns amigos do lutador e sua irmã sabiam sobre isso.

Jefferson conta que se preparou para receber reações ruins, mas que se surpreendeu, pois obteve apenas mensagens de apoio, inclusive de seus mestres, dizendo que a sua sexualidade não fazia diferença. Inclusive, colegas mandaram mensagens dizendo que ele era “muito mais macho” do que muitos lutadores por aí, por ter coragem de se assumir nesse mundo muito machista e, muitas vezes, homofóbico. Mas o processo para o autoconhecimento não foi tão simples.

Tanque foi casado por 8 anos com sua antiga esposa, até os 28 anos. Quando se separou, ficou perdido. Nunca teve nenhum pensamento homossexual antes, pois era muito focado nas lutas e vivia para isso, esquecendo do mundo ao redor. Mas depois que se separou, Tanque passou a se interessar mais pelo mundo lá fora, saindo da sua bolha de vida de lutador. Mesmo sem nunca ter assumido publicamente sua homossexualidade, ele não se importava se alguém descobrisse ou perguntasse pra ele.

“Qual é o problema com o cara ser gay? O que vai mudar na sua vida se alguém que você conhece é gay? Nada. Como uma menina treina com um homem? Vejo várias garotas treinando e elas são duras, querem que peguem pesado, pois não tem diferença dentro do tatame. Nunca ouvi nenhum comentário de alguém tentar pegar nos peitos ou tocar alguma garota diferente. Vai dizer que o cara não tem libido também? Ele tem, mas ele respeita e assim é o cara que é gay e treina arte marcial. Ele te respeita também, até porque você pode estar rolando por anos com alguém que é gay e ele nunca se aproveitou de você”, disse em entrevista ao site NetFighter.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!