Rapaz gay é atacado com ácido em Curitiba; vítima permanece internado em estado grave

Um caso de homofobia resultante em lesão corporal grave é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba. Um jovem gay, de 25 anos, foi atacado com ácido por um homem desconhecido enquanto caminhava pela Rua Alberto Bolliger, no bairro Juvevê por volta das 20 horas do último domingo (14/05).

Segundo Vinícius Ferreira dos Santos, amigo da vítima, não há dúvidas de se tratar de um caso de homofobia. “Ele foi jantar em um fast food, porque mora ali perto, e na volta foi atacado por este rapaz, que o chamou de ‘viado’ e jogou o ácido. Só pode ter sido algo premeditado, porque ninguém sai assim com um ácido no bolso”, afirmou.

Conforme Santos, um Boletim de Ocorrência já foi registrado na DHPP. “Agora nós queremos Justiça, porque meu amigo está internado em estado grave, com queimaduras de terceiro grau em tórax, braço e rosto, correndo o risco de ficar cego de um dos olhos. Vai ter que ficar no mínimo 30 dias no hospital”, lamentou o amigo da vítima. O jovem permanece internado na ala de queimados do Hospital Evangélico, a princípio sem necessidade de ida à Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 21 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Comentários no Facebook