Jay-Z revela que mãe é lésbica em novo álbum: “Teve que se esconder no armário”

O rapper Jay-Z liberou na madrugada desta sexta-feira (30/06), o seu mais novo álbum. Intitulado “4:44”, este é o primeiro trabalho do cantor desde “Magna Carta Holy Grail”, lançado há quase quatro anos.

Muito que bem! Na faixa “Smile”, a terceira do álbum, o rapper revela que sua mãe, Gloria Carter, é lésbica. “Mamãe teve quatro filhos, mas ela é lésbica”, canta Jay-Z. “Teve que se esconder no armário, tomar remédios”, continua.

“Vergonha da sociedade e a dor eram demais para ela aguentar/Chorei lágrimas de alegria quando você se apaixonou/Não importa para mim se é ele ou ela”, diz outro trecho. Ainda na canção, é possível ouvir a voz da mãe do cantor com um discurso sobre sexualidade. O novo álbum de Jay-Z, o 13º solo da sua carreira, está disponível para assinantes do TIDAL.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!