Após comentários homofóbicos, Azealia Banks escreve pedido de desculpas à comunidade LGBT

Azealia Banks parece estar arrependida dos seus erros. Depois de insultar à comunidade LGBT com comentários homofóbicos, a rapper resolveu pedir desculpas em uma sequência de tweets.

“Às vezes, você esquece que nem todos tiveram as mesmas experiências que você e é importante que isso seja considerado. Para mim, foi tudo bem difícil… Mas não é justo que todos devam ser tratados de forma dura e insensível como eu fui. E eu peço perdão. Peço desculpas por machucar a comunidade gay”, escreveu Banks. “Eu era jovem e não entendia que a comunidade gay me enxergava como uma espécie de lugar para refúgio, alguém onde esses insultos não existiam. E anos depois eu entendi que ferrei com tudo”.

A rapper ainda falou que está cansada de brigar com a comunidade LGBT, pois não vê sentido nisso: “A palavra “faggot” é desumana, degradante, dolorosa. Entendo a frustração. E, honestamente, me senti culpada por muito tempo. Independente disso, há uma energia que flui entre mim e a comunidade LGBTQ… Seja em momentos de amor ou desentendimento, aqui ou lá, somos partes das vidas uns dos outros e eu acho que é estúpido, nesse ponto, não aproveitar o nosso tempo juntos enquanto estamos vivos”.

“Não quero mais lutar com vocês porque eu os amo demais, de verdade. Isso tem sido um incômodo para mim por tanto tempo e demorou muito para que eu conseguisse me perdoar, e só assim conseguir fazer um REAL pedido de desculpas. Eu não quero mais ser essa garota”, finalizou. E aí, tá perdoado?!

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 21 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Comentários no Facebook