Hospital realiza primeiro transplante de pênis e escroto no mundo

Médicos na prestigiada Universidade Johns Hopkins anunciaram nesta segunda-feira a conclusão do primeiro transplante total de pênis e escroto no mundo. A operação foi realizada em um jovem militar que foi ferido no Afeganistão, no Oriente Médio.

Com 14 horas de duração, a cirurgia foi realizada no dia 26 de março, por uma equipe de nove cirurgiões plásticos e dois cirurgiões urologistas, segundo informou, em nota, a universidade localizada em Baltimore, no estado americano de Maryland. “Estamos otimistas que esse transplante vai ajudar a restabelecer as funções urinária e sexual próximas do normal para este jovem”, disse o médico W.P. Andrew Lee, professor e diretor de cirurgia plástica e reconstrutiva na Escola de Medicina de Johns Hopkins.

Ainda de acordo com a instituição de ensino, que é considerada uma das melhores escolas de medicina do mundo, todo o pênis, o escroto sem os testículos e parte da parede abdominal usados no transplante vieram de um doador falecido. O militar pediu anonimato, mas divulgou uma curta nota, dizendo que espera deixar o hospital na semana que vem. “É um ferimento realmente incompreensível, não é fácil de aceitá-lo”, disse. “Quando acordei, finalmente me senti mais normal”, completou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!