Universidade feminina de Tóquio passa a permitir matrícula de mulheres trans

A universidade Ochanomizu em Tóquio, conhecida por ser uma das instituições de ensino superior no Japão que só aceitam estudantes do sexo feminino, anunciou que as estudantes transexuais serão bem-vindas a partir de 2020.

Segundo reportagem do jornal Yomiuri, a ideia é pioneira no Japão e é uma vitória na conquista de direitos das mulheres trans. Diferente da Universidade Feminina do Japão (JWU), que ano passado prometeu aceitar mulheres trans que se submeteram à cirurgia de redesignação sexual, a Ochanomizu entretanto, não colocará qualquer condição específica como cirurgia ou documentação corrigida para o ingresso de mulheres trans. Incrível, não é mesmo?!

A universidade estimou que será necessário definir os critérios de avaliação para aceitar a aplicação das candidatas transexuais e que algumas medidas internas, relacionadas a instituição e a convivência entre as estudantes devem ser tomadas em consideração a entrada das novas alunas.

“É inédito para uma universidade feminina do Japão aceitar estudantes transexuais que são homens em seus registros familiares”, disse um funcionário do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia ao jornal The Yomiuri Shimbun.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!