Bolsonaro nega fama de homofóbico e afirma receber apoio da comunidade LGBT

Candidato à presidência do Brasil, Jair Bolsonaro negou o título de homofóbico durante entrevista ao programa Central das Eleições, exibido nesta sexta (03/08) no Globo News.

“Essa história começou nos corredores da Câmara quando eu descobri o kit gay”, afirmou Bolsonado. “O pai não quer chegar em casa e ver o filho brincando de boneca, por influência da escola. O patrimônio de um pai e uma mãe são seus filhos”, completou.

“Nunca tive problema com homossexual. Alguém sabe se eu sou gay aqui?”, perguntou repetindo a postura que vem tomando nas últimas entrevistas que participa. O político encerrou o seu discurso afirmando que recebe apoio a comunidade LGBT, que se depender deles nas urnas, já vencerá o pleito de outubro.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!