Atlético-MG emite nota de repúdio a cantos homofóbicos de torcedores do clube

O Atlético-MG emitiu na noite deste domingo (16/09) nota de repúdio aos cantos homofóbicos de parte de sua torcida durante o empate por 0 a 0 no clássico desta tarde diante do Cruzeiro, no Mineirão.

A música citava o candidato Jair Bolsonaro e repercutiu de forma negativa para o clube nas redes sociais e logo se espalhou com respostas fortes contra esse movimento absurdo. A letra dizia: ” Ô cruzeirense, toma cuidado: o Bolsonaro vai matar veado”.

Os cantos de alguns atleticanos tornaram-se um dos principais assuntos nas redes sociais, e o clube decidiu pronunciar-se sobre o assunto.

Confira a nota

“O CAM lamenta profundamente as manifestações homofóbicas de parte dos torcedores, no jogo deste domingo, no Mineirão. Reiteramos nosso repúdio a quaisquer gestos de preconceito ou de incitação à violência. A maior torcida de Minas é composta por pessoas de todas as classes sociais, raças e gêneros, não cabendo qualquer tipo de discriminação. Isso não faz parte da nossa gloriosa história! #TimeDeTodos”

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!