Caitlyn Jenner sobre Donald Trump: “Atacou ferozmente a minha comunidade novamente”

Caitlyn Jenner parece estar mesmo arrependida de ter declarado apoio a Donald Trump durante as eleições para presidente dos EUA. Após protestar contra Trump em seu Twitter contra a proposta do governo dos EUA de revogar direitos às pessoas transgêneros, Jenner voltou a tocar no assunto.

“A administração Trump atacou ferozmente a minha comunidade novamente. Exatamente como um Sr. Presidente da FYI – o exército é o único maior empregador de pessoas trans no mundo”, afirmou ela em entrevista à revista norte-americana People Magazine. Anteriormente, Jenner havia publicado nas redes sociais uma imagem na qual afirmou repetidamente em inglês que “pessoas trans não serão apagadas”.

As declarações vêm em resposta à atitude do presidente americano, que pretende inviabilizar a identidade de gênero dos transexuais no funcionalismo público e demais áreas dos Estados Unidos. Neste caso, ficaria sendo considerado e obrigatório apenas o sexo biológico da pessoa.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!