Kevin Hart pede desculpas à comunidade LGBTQ+ após polêmica de tuítes homofóbicos

A polêmica em torno de Kevin Hart continua após sua demissão do cargo de apresentador do Oscar 2019, graças a piadas de conteúdo homofóbico postadas no Twitter anos atrás. O comediante falou novamente sobre o caso durante seu programa de rádio “Straight From the Hart”, na noite de segunda-feira (07/01).

“Vou dizer isso e quero deixar bem claro. Vou dizer isso só para o caso de vocês tentarem pegar essa m*rda e cortar, eu vou refutar com essa parte bem aqui. Mais uma vez, Kevin Hart pede desculpas por seus comentários que feriram os membros da comunidade LGBTQ+. Eu peço desculpas”, afirmou.

“Eu não estou debatendo o que é certo e errado. Eu já disse que está errado. Mas o outro lado é isso. Se a luta da comunidadeLGBTQ+ é por igualdade, essa é a luta. A luta é a vontade e o desejo de igualdade. Eu estou andando com vocês. Eu entendo vocês. Mas na luta pela igualdade, isso significa que tem que haver uma aceitação para a mudança”, finalizou o comediante.

Na última sexta-feira (04/01), ele esteve no programa The Ellen Show, onde abriu o coração e falou pela primeira vez, à Ellen Degeneres, sobre o ataque de haters que tem recebido desde que a polêmica foi instaurada.

“O que posso dizer, é: Existem dois lados. Em qualquer ataque, há dois lados. Em todo lado A, há um lado B. Do meu lado, abertamente, eu digo: Eu estou errado pelo que disse no passado. Eu digo isso, eu disse isso. Eu entendo isso. Eu sei disso. Meus filhos sabem quando o pai deles erra. E eu estou à frente disso porque quero ser um exemplo para que eles saibam o que fazer”, disse ele.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!