Cliente reclama de botão em banheiros da Smart Fit: “Forma velada de homofobia”

Segundo informações da Veja, um usuário do site Medium identificado como Erinhoos, causou grande repercussão no Twitter após postar um desabafo sobre a rede de academias Smart Fit na última terça (29/01). O motivo do incômodo do rapaz seria um botão instalado dentro do banheiro da unidade da Rua Augusta que serve para avisar sobre atos obscenos, além de furtos e vandalismos, na região do lavabo.

Ele acredita que tal apetrecho promova a homofobia. Seria uma forma de preconceito contra gays e bissexuais, pois, neste caso, os banheiros da academia são separados por masculino e feminino. Ou seja, apenas aqueles que se relacionam com pessoas do mesmo sexo estariam praticando esses atos nesses ambientes. “A quem e o que lesa a pegação escondida e consentida? O bom gosto? A hipertrofia muscular? A definição? Ou a sensação de controle total sobre as incontidas pulsões da virilidade masculina?”, escreveu. Para ele, a decisão do estabelecimento de instalar tal botão é ofensiva.

“Trata-se de uma renúncia ao diálogo, uma forma autoritária de fazer valer um poder unilateral, cujo efeito é o de criar um ambiente constrangedor, policialesco, de hiperfiscalização entre os corpos, um regime de instauração do medo sobre o gesto, uma verdadeira tristeza”, opina. “Se, ao renunciar ao diálogo você admite não confiar nos gays, fique sabendo, pois, que não dá pra confiar num ambiente que estimula a cisma da fraternidade e formas veladas de homofobia”, escreveu.

Em nota, a Smart Fit afirmou que o tal botão é uma inovação que está em diversas áreas da academia e que procurou o cliente para conversar sobre a situação. Confira o comunicado logo abaixo…

A Smart Fit informa que já entrou em contato com o aluno para esclarecer a questão. Em relação aos botões citados por ele, os mesmos estão instalados em todas as áreas comuns das academias e não apenas nos vestiários masculinos e femininos. Esses mecanismos têm o objetivo de garantir a segurança e a comodidade dos alunos, ao permitir o acionamento imediato de um colaborador da unidade.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!