Glória Groove canta com sua mãe em rede nacional

I never can say goodbye

Pela primeira vez, Gloria Groove, drag, cantora, dubladora e atriz, foi convidada a participar de uma entrevista no programa global Conversa Com Bial (22/05). O ator Jefferson Schroeder foi outro convidado do programa, que abordou a importância sobre a relevância da identidade vocal e, também, sobre dublagem.

Daniel Garcia, que dá vida à personagem, roubou a cena e teve todos os holofotes voltados pra si e pra sua mãe, Gina Garcia, que sempre o apoiou em tudo na vida.
Durante a conversa, Biel pediu pra que Gina, cantora profissional, compartilhasse sua experiência enquanto mãe de um artista, que tem como sua principal ferramente de trabalho a voz – Daniel é cantor e ator profissional desde os 7 anos de idade, tendo começado sua carreira em 2002, numa nova versão do grupo infantil Balão Mágico.

Gina também contou como foi, para ela, a descoberta de que seu filho havia criado um personagem drag, chamado Gloria Groove, “gostei do nome, esse nome é bem sonoro, é bem musical, eu curti”, disse a mãe de Gloria Groove, que, por sua vez, escolheu esse nome pra sua persona drag, como forma de homagem à própria mãe – por se chamar Gina Garcia e também ser conhecida como GG – que teve a oportunidade de cantar com Gloria Gaynor, além do groove das músicas de R&B, disco entre outros estilos, que são as influências e referências músicas da drag.

Aproveitando esse momento tão apropriado, mesmo Gina estando levemente gripada, Pedro Bial pediu para que mãe e filho, ou melhor, filhx, cantassem juntos uma música da diva da era disco Gloria Gaynor e ambas arrasaram num live maravilhoso de Never Can Say Goodbye.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos, designer gráfico, editor de vídeos, dono de concursos drag e o mais novo colaborador para conteúdos sobre diversidade LGBTQIA+ para o portal Pheeno.com.br