Pastor incentiva fiéis a discriminar LGBTs: “Homossexualismo é possessão demoníaca”

Um vídeo bastante polêmico viralizou nas redes sociais nesta semana. Nele, durante uma pregação, um pastor incentiva seus fiéis a discriminar LGBTs.

“Homossexualismo é possessão demoníaca e fica essa mentalidade de que é normal dentro dos colégios”, diz ele. “Pode e deve discriminar”, ordena. “Se eu tivesse uma empresa eu não admitiria um homossexual”, continua. “Na tua vida pessoal tem que discriminar, porque a bíblia discrimina”, emenda. Ainda durante o vídeo, o pastor enfatiza que os preceitos bíblicos devem ser seguidos à risca, logo, comportamentos de “gay” e “bichinha” não devem ser vistos como normal.

De acordo com o site Lado A, quem aparece na gravação é o pastor Tupirani da Hora Lores, da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo. Ainda segundo o veículo, o religioso já foi condenado pela Justiça por intolerância religiosa. Vale lembrar que discursos odiosos não podem ser legitimados pela liberdade de expressão ou liberdade religiosa. Outro ponto importante é que, por maioria no STF, a LGBTfobia foi considerada crime.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!