Atriz trans comete suicídio aos 44 depois de deixar mensagem de ‘adeus’ nas redes

Daphne Dorman, atriz e comediante trans norte-americana, cometeu suicídio aos 44 anos, logo após deixar uma mensagem de despedida em seu Facebook. A artista era uma figura ativa na comunidade LGBTQ+ de San Francisco, nos EUA.

“Eu sinto muito”, escreveu a artista, que era uma figura ativa na comunidade LGBTQ+ de San Francisco, nos EUA. “Eu já pensei muito sobre isso essa manhã. Como você diz ‘adeus’ e ‘sinto muito’ e eu ‘te amo’ para todas as almas lindas que você conhece? Pela última vez. Não há uma solução boa. Foi o que concluí de todos os meus pensamentos. Para aqueles que estão bravos comigo: por favor, me perdoem. Para aqueles que acham que falharam comigo: vocês não falharam. Para aqueles que acreditam que eu tenha falhado com eles: eu falhei, eu peço desculpas e espero que vocês se lembrem de mim em momentos melhores e de forma mais iluminada”.

“Eu amo todos vocês. Eu sinto muito. Por favor ajuda a minha filha, Naia, a compreender que nada disso é culpa dela. Por favor lembrem a ela que eu a amei com todas as fibras da minha existência”, finalizou a atriz. A morte de Dorman foi noticiada pelo New York Daily News.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!