Cauã Reymond comenta cena quente de sexo com Matheus Nachtergaele: “Ele tem pegada”

O filme “Piedade”, do diretor Claudio Assis, estreou no ’52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro’ no último final de semana, e deu o que falar pelas cenas fortes, principalmente uma em específica que envolve os personagens de Cauã Reymond e Matheus Nachtergaele.

No longa, o personagem de Matheus é advogado de uma petroleira que tem como objetivo convencer a comunidade da praia de Recife a vender seus terrenos. Para conseguir, ele se envolve com o personagem de Cauã, que faz parte da comunidade. Tudo isso para tentar aumentar a sua influência no local. De acordo com o jornal “Extra”, os personagens dividem dois momentos íntimos nas telas.

O primeiro deles é uma sequência rápida, com direito a rosto colado e respiração ofegante, mas que fica apenas na intenção. A principal e mais longa tem como cenário o apartamento do personagem de Matheus, onde é marcado um encontro entre eles. A cena envolve os dois nus, em um ambiente escuro. Cauã beija as pernas e coxas de Matheus até chegar à região do peito. Em seguida, os dois invertem a posição e é o personagem de Nachtergaele quem acaricia Reymond.

Cauã Reymond, que vive um dono de cinema pornô no longa, conversou com a imprensa e elogiou a performance do colega em cena: “Matheus é um tubarão no filme. Ele tem pegada, em todos os aspectos… Ele tem pegada com todos os personagens”. O galã também falou sobre a questão do desejo em cena: “Tesão não tem cara, não tem motivo. Às vezes, você tem tesão só pelo jeito que uma pessoa mexe a mão”.

Confira um teaser

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!