“É dramática”, diz ministro Gilmar Mendes sobre situação de LGBTs em presídios brasileiros

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes classificou como “dramática” a situação da população LGBT nas penitenciárias brasileiras. O comentário foi feito logo após a divulgação do relatório do governo federal sobre tratamento que a população LGBT tem nas prisões.

“É dramática a situação dos grupos LGBT nas penitenciárias brasileiras. Mulheres trans são sistematicamente torturadas e violentadas em presídios masculinos. O relatório de hoje reforça mais um ponto urgente de reforma do sistema prisional”, afirmou o ministro por meio de sua conta no Twitter.

Chamado “LGBT nas prisões do Brasil: Diagnóstico dos procedimentos institucionais e experiências de encarceramento”, o documento foi publicado na última quarta-feira (05/02) pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!