Bispos católicos pregam que ‘amor pelo mesmo sexo vem de Deus’

Os bispos da Arquidiocese Católica de Salzburgo, na Áustria, publicarão um livro para ensinar que o amor gay vem de Deus e revela a “bondade e humanidade de Deus”.

O livro, que leva o título ‘A Bênção das Parcerias do Mesmo Sexo’, pede à Igreja Católica no mundo todo que mude seus ensinamentos sobre homossexualidade.

O livro também fala sobre a situação legal das parcerias entre pessoas do mesmo sexo na Áustria e discute a tradição bíblica, a teologia ética e moral e a ciência litúrgica.

O casamento homoafetivo foi legalizado na Áustria ano passado, e os bispos católicos estão pedindo “bênçãos oficiais” dos casais do mesmo sexo dentro da igreja.

O catecismo da igreja católica afirma que os relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo são “atos de grande depravação” e “sob nenhuma circunstância eles podem ser aprovados”.

Padre Ewald Vollger

Mas o estudioso litúrgico Padre Ewald Vollger, que contribuiu para o livro, disse que mudar os ensinamentos da Igreja sobre homossexualidade “pode não só ser discutido, mas também exigido”.

Em entrevista ao o jornal diocesano ‘Kirchen Zeitung Diozese Linz’, o Padre disse que dar bênçãos oficiais a casais do mesmo sexo “naturalmente” exigiria uma mudança no catecismo.

“Houve um movimento no tópico. O ensino da igreja está recebendo cada vez menos ressonância na sociedade e dentro da igreja, e a teologia moral em particular é a favor de novas abordagens para avaliar as relações entre pessoas do mesmo sexo”, disse o Padre Ewald Vollger.

“Assim como o casamento entre um homem e uma mulher é uma imagem do amor criativo de Deus, o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo é uma imagem da atenção de Deus aos seres humanos.”

“Se os parceiros vivem o dom do amor mútuo em fidelidade um ao outro e vivem suas vidas com os dons espirituais de Deus, como bondade, tolerância, paciência, reconciliação, o relacionamento deles também é uma imagem da bondade e da humanidade de Deus.”

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto