Eleições 2020 conta com mais de 200 pré-candidaturas LGBTQI+, até então

De acordo com o levantamento da Aliança Nacional LGBTI+, as eleições municipais de 2020 conta, até agora, com 207 pré-candidatos LGBTs.

Apesar da incerteza em relação à data das eleições municipais, devido à pandemia, a Aliança Nacional LGBTI+ já iniciou o levantamento e campanha para que as pessoas LGBTQI+ se pré candidatem desde já.

Em 2020, o Brasil passará por eleições de para prefeitos e vereadores em mais de 5.500 cidades dos 26 estados do país.

A ineficiência do Poder Legislativo brasileiro em assegurar direitos à comunidade LGBTQI+ ao longo dos últimos anos, é motivada por uma forte resistência conservadora, fazendo com que grande parte dos avanços nas questões dos direitos LGBTs viesse do Poder Judiciário.

Aliança Nacional LGBTI+ ressalta a importância da representatividade no poder público, até mesmo para provocar o debate em todas as esferas políticas.

Até o momento, o programa recebeu 207 adesões, sendo 02 para prefeitas e prefeitos e 205 para vereadoras e vereadores, desses 95.2% (197) são LGBTI+ e 4.8% (10) aliadas à causa. É composto por 55.6% (115) de Gays, 15% (31) de Lésbicas, 11.1% (23) de Mulheres Trans, 5.3% (11) de Bissexuais, e os restante das demais identidades de gênero e orientações sexuais:

Por partidos abrange 20.1% (38) PDT / 15.9% (30) PSOL / 12.7% (24) PT / 10.1% (19) PCdoB / 9% (17) PSB / 5.8% (11) REDE / 4.8% (9) PSDB / 3.7% (7) DEM e PV cada / 3.2% (6) PTB / 2.1% (4) CDN / 1.6% (3) PMB, MDB e PSD cada / 1.6% (2) SOLIDARIEDADE, PODE e PL cada. Cerca de 12.6%, 26 pessoas ainda não estavam filiadas a partidos.

Para participar do levantamento, basta clicar aqui.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto