Responsável pelo conteúdo LGBTQI+ da Netflix deixa a empresa de maneira súbita e misteriosa

Fran Tirado, líder da estratégia editorial pelo conteúdo LGBTQI+ da Netflix, deixa a companhia de maneira repentina sob rumores de que teria sido dispensado pela empresa.

Tirado trabalhava no conteúdo LGBTQI+ da Netflix há apenas 10 meses, quando postou no Twitter semana passada, no dia 21/05: “Isso marca minha última semana na Netflix”.

“Embora eu seja muito grato pelo meu tempo lá e pelo que realizei, estou (como muitos dos meus colegas de mídia) também procurando o que virá a seguir”.

Ele acrescentou: “Não posso sair sem dar um grande abraço à equipe editorial da Netflix e aos meus escritores, que foram uma alegria absoluta em trabalhar e aprender com eles. Mal posso esperar para ver o que vocês farão a seguir”.

Ele não deu nenhum motivo para sua saída da plataforma de streaming, mas exatamente uma semana antes o ‘New York Times’ publicou uma série de posts do editor, onde ele supostamente teria dado indícios de que iria sair do Netflix.

De acordo com o ‘Page Six’, alguns estão se perguntando se a Netflix sabia da entrevista com antecedência.

Fran disse estar pensando sobre os rivais da Netflix, por exemplo, que está “um pouco confuso com a [série] ‘Sra. America’ no [canal] FX”, e revelou algumas informações sobre seu trabalho.

Em um dado momento, Fran fala que ele ‘fugiu’ de uma sabatina feita pelo executivo-chefe da Netflix para trabalhar em seu próprio projeto de redação.

Tirado também disse durante a entrevista ao ‘Page Six’: “Não posso comentar além do que compartilhei nas redes sociais”.

Sobre a pandemia do novo coronavírus, e talvez se antecipando sobre sua saída da Netflix, Fran disse ao ‘New York Times’: “Pessoas LGBTs e marginalizadas são historicamente resistentes e têm um histórico comprovado de prosperidade diante de adversidades, pandemias e crises”.

“Eu sei que sairemos dessa situação mais fortes do que nunca, e serão os mais marginalizados que liderarão a carga de maneiras criativas em que usamos nosso tempo e produzimos digitalmente, apesar de tudo. Já vimos muito disso e só vai melhorar.”

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto