Ex-BBB Ariadna desabafa: “nenhum famoso defende mulheres trans”

A ex-BBB e maquiadora Ariadna Arantes postou um vídeo em suas redes sociais, na última sexta-feira, dia 05/06, no qual ela questiona o silêncio de famosos em relação à população trans, principalmente às mulheres trans.

No vídeo, Ariadna demonstra toda sua indignação com o que ela chama de “militância seletiva e limitada”, se referindo às pessoas formadoras de opinião que só se manifestam sobre os assuntos que lhes dão engajamento nas redes sociais.

“Não tem no Google, eu vou explicar: eu uso pra falar de pessoas que ficam militando somente por moda. Ou apenas pra um determinado público. Principalmente os famosos. Por que nenhum famoso milita a favor das trans?”, desabafa ela.

O estímulo para o vídeo foi sua revolta com o Projeto de Lei 2578/2020, do deputado bolsonarista Filipe Barros (PSL-PR), o qual defende que o gênero seja determinado por “cromossomos”, deslegitimando então todas as pessoas trans. “É um grande retrocesso pro Brasil. O balde transbordou” escreveu Ariadna.

Ariadna também chama atenção de diferentes personalidades trans, que não usam sua voz – enquanto pessoas públicas e formadoras de opinião – para lutar e visibilizar a luta das pessoas trans, “cadê as outras pessoas transexuais que deveriam estar do nosso lado,…, não era pra ninguém soltar a mão de ninguém?”, pergunta ela.

A ex-BBB também levanta a questão do por que diversas cantoras, atrizes, artistas e ativistas trans não terem a mesma visibilidade que cantoras heterossexuais, tidas como “divas das paradas gays”, ganham nas marchas do orgulho LGBTQI+ no Brasil. “Tantas de nós, que estamos aí lutando, não temos esse espaço”, desabafa Ariadna.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto