Internauta ilustra como seria a bandeira LGBTQ+ de cada país da Europa de acordo com os seus direitos

Apaixonada por comunicação em dados, como a mesma se descreve em seu Twitter, a internauta Rita Costa decidiu criar um site onde ilustra hipoteticamente como seria a bandeira do orgulho em cada país da Europa, sendo as cores proporcionais aos direitos que seus cidadãos LGBTQ+ possuem.

Para isso, Rita usou dados da edição de 2019 da Rainbow Europe, uma ferramenta da ILGA-Europe (Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersex), que todo ano classifica os 49 países com base nas leis e políticas existentes que afetam a vida da comunidade LGBTQ+, nas categorias: igualdade e não discriminação; família; ódio e crime; reconhecimento legal de gênero e integridade corporal; espaço da sociedade civil; e acesso a asilo.

Para visualizar o site todas as bandeiras clique aqui.

Na edição deste ano, a ferramenta revelou que os países que antes eram líderes na Europa estão ficando para trás em seus compromissos de igualdade para as pessoas LGBTQ+.“Este é um momento crítico para a diversidade na Europa. A cada ano que passa, mais e mais países, incluindo os defensores da igualdade, continuam ficando para trás em seus compromissos para as pessoas da comunidade, enquanto mais governos tomam medidas ativas para atingir as comunidades LGBTQ+. Há razões para estar extremamente preocupado que essa situação se espalhe à medida que a atenção política for imersa na crise econômica do COVID-19.” disse Evelyne Paradis, diretora executiva da ILGA-Europa, em comunicado à imprensa.

TOP 5, Arco-íris Europe 2020
1. Malta (89%)
2. Bélgica (73%)
3. Luxemburgo (73%)
4. Dinamarca (68%)
5. Noruega (68%)

INFERIOR 5, Rainbow Europe 2020
45. Mônaco (11%)
46. Rússia (10%)
47. Armênia (8%)
48. Turquia (4%)
49. Azerbaijão (2%)

 

Juan é produtor de conteúdo e entretenimento LGBTQ+ do Pheeno! Presença constante na noite carioca, o jovem de 24 anos ainda arrasa nas festas como DJ de música eletrônica!