Atriz de “Pose” chora em live ao falar sobre falta de reconhecimento do Emmy com atrizes trans da série

Foto: Reprodução/Internet

Nesta terça-feira (28/07), foram anunciados os nomeados à edição de 2020 dos Emmys. Com 26 nomeações, “Watchmen” lidera a corrida, seguido de “The Marvelous Mrs. Maisel” (20 nomeações). Entretanto, algumas produções aclamadas pela crítica e pelo público ficaram de fora das indicações, como foi o caso de “Pose”.

A série recebeu apenas uma indicação com Billy Porter em Melhor Ator em Drama, deixando de fora as atrizes trans Angelica, Indya More, Dominique Jackson e Hailie Sahar. Em uma live em seu Instagram, Angelica Ross, intérprete de Candy na produção, chorou ao falar sobre a falta de reconhecimento do trabalho do elenco transexual da série de Ryan Murphy. “Eu preciso que vocês entendam, eu estou tão cansada. Para aqueles que me conhecem sabem que eu não estou apenas trabalhando na frente ou atrás das câmeras, mas aonde quer que esteja eu quero que nossa sociedade valorize vidas trans e vidas negras trans. Eu me sinto dessa forma porque acho que não há nada que possamos fazer”, lamentou.

Indya More também usou as redes sociais para lamentar e protestar contra a falta de reconhecimento. “Há algo estranho sobre pessoas trans não serem honradas em uma série sobre pessoas trans que criaram toda uma cultura para honrar a si mesmas, porque o mundo não era capaz de fazer o mesmo”, disse Indya, que ainda criticou a equipe de produção da série. Segundo ela, a equipe “não confiava nelas o bastante para colocá-las na TV ao vivo” para entrevistas.

CONFIRA O PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!