Avô que saiu do armário aos 92 anos descobre paradeiro de grande amor da juventude

FOTO: Reprodução/ Kenneth Felts

Recentemente, a história de Kenneth Felts, um senhor de 92 anos que finalmente tomou coragem de sair do armário para sua família e amigos, virou um dos assuntos mais comentados das redes sociais. Com a revelação, o norte-americano começou a refletir sobre o amor da sua vida: um homem chamado Phillip Allen Jones.

Os dois se apaixonaram no final dos anos 1950, mas Felts achou melhor seguir a vida como um homem hétero. “Era mais fácil assim”, pensou naquela época. Com a repercussão do caso nas redes, uma seguidora se voluntariou para procurar o grande amor de juventude do rapaz. Para a surpresa de Felts, a jovem achou Phillip. No entanto, o final não foi tão feliz assim.

Com uma foto de Phillip Allen Jones jovem, Felts compartilhou em seu Facebook o desfecho do caso. Segundo ele, Phillip viveu junto de um outro homem, que infelizmente acabou falecendo antes dele. Apesar disso, Felts conta que, mesmo passando os últimos anos sozinho, Phillip foi muito feliz.

Confira

“Um das amorosas e maravilhosas pessoas que estavam lendo minhas mensagens na minha saída do armário e procurou por Phillip se encarregou de localizar ele para mim. Ela passou várias horas e finalmente me deu uma resposta. Eu resumi essa resposta abaixo.

Phillip Allen Jones foi o amor da minha vida. Eu estou com o coração muito triste e vazio hoje. Meu primeiro e melhor amor se foi. Ele viveu uma vida completa e feliz, disse a sobrinha dele. O parceiro dele de muitos amor se foi só alguns anos atrás e Phillip permaneceu sozinho até o fim da vida dele. Eu sinto que compartilhei os melhores anos da juventude dele e ele certamente fez a minha memorável e eu vou sempre lembrar e agradecer por isso. Eu amei ele no meu coração tanto durante anos e agora ele se foi.

É tão terrivelmente frustrante estar tão perto e ainda não alcançar meu amor perdido e é horrivelmente doloroso não conseguir me despedir. Mas o mundo todo agora sabe o homem amável que ele foi comigo enquanto estivemos juntos. Meu coração se transformou em pedra e eu preciso das minha lágrimas para lavar minha tristeza. Descanse em paz Phillip.”

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!