Filho de pastores, ex-ator mirim de “Estrela-Guia” revela que pensou em se matar por ser gay

Foto: Guilherme Pinto/Gutho Oliveira

Intérprete do personagem Daniel na novela “Estrela Guia”, que recentemente foi disponibilizada no Globoplay, o ator Netinho Alves revelou em entrevista ao Extra que passou por momentos difíceis por causa de sua sexualidade. Hoje com 30 anos, o rapaz, filho de pastores, conta que cogitou cometer suicídio por ser gay.

“Na verdade, a minha força vem de um Deus que faz milagres. Fez e faz na minha vida… Foram tantos livramentos, inclusive da morte. Por muitas vezes quis me matar, por eu ser gay, filho de pastores. Era muito ligado à religião e paradigmas… Hoje esses fantasmas não existem mais”, contou o rapaz.

“Foram muitas feridas que ficaram abertas durante anos, de pessoas da minha família, do colégio e de amigos que passaram pela minha vida. Mas, graças a Deus, somente a Ele mesmo, consegui vencer isso tudo”, revelou ele, que atualmente trabalha no ramo imobiliário no Rio. Contudo, ele pretende voltar a atuar. “Amo os veículos que envolvam a arte, seja TV, cinema, séries, comerciais, teatro ou publicidade em geral”, disse.

Na trama, exibida em 2001, Netinho interpretava o filho do protagonista Tony (Guilherme Fontes), que se envolvia com a personagem Cristal, interpretada por Sandy.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!