Polícia faz operação no Grindr e prende em flagrante universitário de 27 anos que marcou sexo com garoto de 14

Foto: Reprodução/Facebook

Shiraaz Kureembokus, um aluno de 27 anos da Universidade de Oxford, na Inglaterra, foi preso após marcar sexo com um garoto de 14 anos no Grindr. O perfil do adolescente, na verdade, era de um agente da polícia em uma operação no aplicativo de pegação gay.

O crime aconteceu em maio, quando ele convidou o menino para transar em seu apartamento. Foi aí que a polícia prendeu Shiraaz em flagrante, na rua em frente a sua casa quando esperava o adolescente. O estudante assumiu que tinha marcado o sexo com o menor de idade e disse as autoridades que foi “um momento de loucura”.

O promotor do caso, Christopher Hewertson, disse que quando o “garoto” no Grindr contou sua idade, Shiraaz respondeu: “Tudo bem bebe, tenho 27”. Em seguida, a conversa evoluiu para o Whatsapp, quando o universitário perguntou sobre a escola e os pais do garoto, antes de dizer que queria “ser beijado, chupado e muito mais”.

Segundo o site do jornal inglês Metro, a Defesa de Shiraaz alegou que o rapaz estava “solitário” por conta da quarentena imposta pelo novo coronavírus. Ele foi condenado agora em julho a 18 meses na cadeia e será incluído na lista de predadores sexuais do Reino Unido!

Thiago Araujo é editor-chefe e criador do Pheeno! Referência no cenário pop LGBTQIA+ nacional, o carioca de 30 anos é jornalista e empresário do ramo do entretenimento, além de agitar as pistas como DJ mundo afora!