Taxista gato faz sucesso em aplicativo e afirma ser assediado diariamente!

Desde que passou a utilizar um aplicativo de celular para contratação de corridas, o taxista Jonathan Alves Ruela, de 23 anos vem arrancando suspiros e conquistando o coração dos passageiros, sejam homens ou mulheres. O motivo?! A foto que ele utiliza no seu perfil do aplicativo. Na foto, Jonathan aparece com parte do seu cabelo raspado e barba por fazer.

Morador do Itaim Paulista, na zona Leste da cidade, ele conta que começou como taxista há 11 meses, depois que largou seu emprego em um escritório porque se sentia entediado. Em entrevista ao “Folha de S. Paulo”, o bonitão, que é paranaense, contou que está sempre conduzindo o seu carro branco pela noite de bairros como a Vila Madalena e a Vila Olímpia, e sobe e desce a rua Augusta. “Rende mais onde tem balada”, conta ele, que prefere trabalhar à noite para não enfrentar o trânsito de SP e também por uma disposição natural. “Eu sempre fui notívago, odiava ter que acordar cedo pra estudar”.

Sobre o frequente assédio dos homens, Jonathan revela: “Tem muito homem que dá em cima, sim. E às vezes insistem. Mas tenho uma frase para essas situações: ‘Eu respeito sua opção sexual e espero que também respeite a minha'”, diz o taxista gato. “Sabe como é, as pessoas bebem e ficam um pouco mais soltas. Tem mulher que pede para sentar no banco da frente, mas não pode”. Acontece que o coração do rapaz já está ocupado: ele namora há sete anos!

Confira algumas fotos do taxista gato…

1

2

3

4

5

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!