James Franco confessa ter parado de assistir pornografia e revela o porquê

James Franco tem dedicado muito de seus papéis ao tema da indústria pornográfica. Ano passado, interpretou o produtor de filmes adultos gay Joe Kerekes no filme “King Cobra”. Em 2017, o ator vai estrelar a série “The Deuce”, substituta de “Game Of Thrones” nas noites de domingo da HBO, que conta a história da legalização e ascensão da indústria pornô em Nova York nos anos 70 e 80. Apesar disso, ele confessa que não assiste pornografia em seu tempo livre.

“Não sei se você acredita em mim ou não. Eu já assisti no passado. Certamente assisti como pesquisa para esta série. Mas eu não assisto pornô”, revela James para a US Weekly. “Eu não tenho nenhuma posição moralista contra isso, mas há um capitalismo não regulamentado, acho que esse é um dos pontos principais da nossa série” completa.

O americano interpreta os gêmeos idênticos Vincent e Frankie Martino em “The Deuce”, que estreia no Brasil dia 17 de setembro. Ele revelou, também, que sua opinião sobre a indústria pornô mudou depois que uma amiga, a também atriz Rashida Jones, mostrou a ele o documentário “Hot Girls Wanted”, da Netflix.

“Eu acho que o ponto principal que retirei desse filme é que essas mulheres jovens, na pornografia, não estão protegias. Elas têm união. Mas está completamente desregulamentado. Elas saem da Flória e em questão de meses são completamente descartadas e ninguém está lá para protegê-las. Não há leis para protegê-las e isso também é o caso da nossa série”, afirma.

Confira o trailer legendado da série “The Deuce”…

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!