Lésbicas conseguem burlar lei russa e realizam o primeiro casamento de pessoas do mesmo sexo no país!

Como já sabemos, assim como a “propaganda gay”, na Rússia, o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é permitido, mas o casal de lésbicas Irina Shumilova e Alyona Fursova conseguiram o inesperado e se casaram no mês passado em São Petersburgo, ambas de véu e grinalda. O caso acabou virando um escândalo no país.

Como elas conseguiram?! A gente te explica. Irina (de cabelo loiro) é uma mulher transexual lésbica e ainda possui os documentos masculinos. “Tudo estava certo no papel (que as classificaram um casal heterossexual, ignorando a identidade de gênero) então eles nos casaram sem problemas”, declarou Irina, que está em processo de transição e ainda tem em seus documentos seu nome social masculino, o que impediu que o casamento fosse proibido.

De acordo com a “BBC Brasil”, diversos políticos se manifestaram contra a união do casal. Um deles chamou o casamento de “nojento” e pediu para que procuradores o anulassem. Elas estão dispostas a lutarem para que o casamento seja mantido, mesmo quando Irina terminar o processo de troca de sexo. Segundo elas, a violência contra os LGBTs piorou desde que a lei foi implementada e a população vê a comunidade gay como um “inimigo interno”. “Por meio do nosso casamento, queremos dizer que você pode ser quem você é”, declarou Alyona.

Confira uma entrevista de Irina e Alyona para a “BBC”…

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!