Vocalista de banda gospel assume ser gay aos 35 anos: “Nunca foi uma opção”

Trey_Pearson

Trey Pearson, membro e fundador do grupo de rock cristão Everyday Sunday, manteve sua sexualidade em segredo ao longo de décadas. Porém, na última terça-feira (31/05), ele assumiu sua homossexualidade em uma carta aberta publicada na revista Ohio-based (614) Magazine.

Nela, o cantor explica as dificuldades diárias que ele enfrentou por fingir ser alguém que não era. “Eu nunca tinha admitido para mim mesmo que eu era gay, e muito menos para qualquer outra pessoa. Eu nunca quis ser gay. Eu estava com medo do que Deus poderia pensar e o que todas estas pessoas que eu amo iriam pensar de mim; portando, nunca foi uma opção”, conta.

Casado com uma mulher e pai de dois filhos, o cantor de 35 anos espera que a sua atitude possa fazer a diferença e ajudar aqueles que ainda vivem com a sua homossexualidade em segredo.

“Eu acho que o mundo está mudando. Eu acho que muitas dessas pessoas mais jovens que fazem parte da indústria querem ter essa conversa. Espero que eu possa ser uma parte de fazer essa diferença”, disse em entrevista Washington Post.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!