SUS disponibilizará pílula que previne o HIV

O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira (29/05) que o medicamento Truvada, será disponibilizado para grupos de risco como profilaxia pré-exposição.

A PrEP consiste na ingestão diária do medicamento por pessoas que não possuem o vírus, mas que estão mais expostas à infecção, como casais sorodiscordantes (quando apenas um dos parceiros é soropositivo) , homens que fazem sexo com homens e profissionais do sexo.

Com a publicação da portaria, os hospitais têm 180 dias para incorporar a pílula contra o HIV. O Brasil será o primeiro país da América Latina a adotar essa medida como estratégia de prevenção. De acordo com o Ministério da Saúde, a estimativa é que o Truvada seja utilizado no Brasil por cerca de 7 mil pessoas no primeiro semestre de implantação.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!