Empresa cria jogo onde Bolsonaro ganha pontos ao matar LGBTs e mulheres

Produzido pela BS Studios, um novo jogo intitulado “Bolsomito 2K18” vem causando polêmica nas redes sociais. No game, que traz Jair Bolsonaro (PSL) como personagem principal, o candidato a presidência precisa matar rivais como feministas, militantes de esquerdas e LGBTs.

“Esteja preparado para enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no país”, diz a descrição do jogo que está disponível na plataforma Steam. O objetivo final do jogo é derrotar “os males do comunismo”, como os próprios desenvolvedores definem. Além de ganhar pontos, os alvos do “Bolsomito”, como é identificado o personagem, viram um emoji de fezes.

“Seu objetivo principal é acabar com os líderes do temido exército vermelho, responsável por alienar e doutrinar grande parte da nação, para que defendam e lutem por suas causas terríveis”, continua a descrição da produção brasileira. Procurada pelo UOL, a desenvolvedora BS Studios não quis se pronunciar sobre a criação da ferramenta e disse que não está interessada em dar entrevistas.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!