Cantor mexicano diz que recusou transplante com medo de doador ser gay

Um dos grandes nomes da música mexicana, o cantor Vicente Fernández, revelou que após descobrir que estava com câncer no fígado, recebeu a proposta de fazer um transplante, mas se recusou com medo do doador ser homossexual.

“Eu não vou dormir com a minha mulher com outro fígado, não sei se ele era gay ou um viciado em drogas”, disse Fernández em entrevista ao jornalista Gustavo Adolfo Infante. Segundo o cantor, o caso aconteceu em 2012, em Houston, nos Estados Unidos, durante sua turnê pela América do Norte.

“Eu fiz uma turnê mundial e estava em Houston. Eu encontrei um caroço no a meio do duto dois bile e era câncer. Quando me disseram que era câncer, eu interrompi a turnê”, disse o cantor. Ainda durante a entrevista, Fernández disse que deixou o hospital sem nem sequer falar com o oncologista, decidido a não receber o órgão de uma pessoa estranha.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!