Conheça o talento de Bianca DellaFancy: “Sou uma bicha abusada que corre para aprender tudo o que pode”

Preguiça? No conosco.

A multiartista Bianca DellaFancy, além de modelo, fotógrafa, desinger, DJ e hostess, vem ganhando cada vez mais destaque com seu canal no YouTube, onde em um dos programas, ela transforma uma personalidades do meio LGBT, durante um bate papo com a pessoa convidada, que por muitas vezes tem um tom divertido, mas também falam sobre militância e representatividade. O vídeo mais recente desse programa é com ninguém menos que Miss Pabllo Vittar! Em meio a uma vida pra lá de agitada, Bianca trocou uma bola com a gente e respondeu algumas perguntinhas:

Bianca, quando você “resolveu virar drag”?
– “Faz uns 5 anos. Eu e meus amigos de santos começamos a assistir RPDR, daí decidimos fazer uma montação só por diversão. Tudo bem despretensioso, a ideia era viver um momento único. Peguei o gosto pela coisa quando vi que conseguiria me expressar e trabalhar inseguranças através dessa arte.”

Quais as inspirações pra sua drag?
– “Eu já fui fotógrafo e produzia auto retratos conceituais. Para a minha estética, minhas inspirações sempre foram grandes nomes da moda; modelos como Naomi Campbell, fotógrafos como Steven Klein e estilistas como Alexander McQueen. Mas para a construção da minha essência, estou cada vez mais inspirado pelas relações humanas e como podemos ir longe percebendo o outro e a si mesmo.

Como você se tornou uma drag modelo?
– “Meu primeiro convite para desfilar foi na Casa de Criadores, para Fernando Cozendey. Acredito que por uma sede de representatividade na passarela, embora ainda não falássemos muito sobre isso. Depois disso, desfilei para Isaac Silva, abri o desfile para Kengas Beach Wear e desfilei para Cemfreio na São Paulo Fashion Week. Sempre tive uma relação muito forte com a moda e com os profissionais que fazem a moda acontecer no Brasil. Ocupar esses espaços sempre foi muito gratificante pra mim.”

O que te estimulou a criar um conteúdo diferente do que já se faz?
– “Eu nunca consumi conteúdo de maquiagem na internet porque nunca gostei do tom fútil que a maioria das pessoas atribui à maquiagem. Pra mim, quando você se maquia, você estimula sua auto estima, descobre e entende partes do seu corpo e sua beleza. O mesmo acontece ao maquiar outra pessoa; além da troca de energias e histórias que podem acontecer num momento íntimo como esse. Resolvi criar o canal para que justamente existisse o que eu mais sentia falta no YouTube, ao invés de só reclamar, fui lá e fiz. Além disso, as pessoas conhecem muito pouco sobre as habilidades de uma drag queen. De modo geral, acham que todas batem cabelo dentro de uma boate e por vezes ficamos fadadas a fazer apenas isso. Enquanto na verdade, podemos ir muito além das expectativas das pessoas, ocupando outros lugares. Como mostro nos meus vlogs.”

Quando começou o quadro DellaMakeup?
– “O canal foi criado há 6 meses, e o DellaMakeup com Gloria Groove foi o primeiro vídeo postado. Tive a sorte de começar muito bem, com uma amiga que abriu caminhos para o canal ser um sucesso.”

Além de “artista visual, drag queen e modelo”, você é maquiadora profissional também?
– “Nao. Eu só sou uma bicha muito abusada que corre atrás pra aprender tudo o que pode (hahahah), mas quem quiser uma maquiagem feita por mim, vem de direct!”

Quais outras funções Bianca DellaFancy exerce atualmente?
– “Além de YouTuber e modelo, eu sou dj, hostess, influencer, faço presença em eventos. Além de designer, já que faço todas as artes do meu canal. E editora, porque edito todos os vídeos sozinha.

Hoje em dia você “vive só da Bianca”?
– “Sim! Eu trabalhei como diretor de arte por 7 anos enquanto eu morava em Santos. Foi essencial pra que eu aprendesse muito do que faço hoje e, com certeza, foi um desafio deixar essa carreira de lado pra focar na minha arte. Mas preferi ser feliz fazendo o que gosto e acredito tocar as pessoas da forma que sempre quis. Sem duvidas me sinto mais útil e fazendo uma diferença positiva na minha vida e na quem me acompanha.”

Qual o próximo passo de Bianca?
– “Hoje em dia o meu canal é o foco da minha carreira. Quero que ele cresça cada vez mais. Tenho muito carinho por tudo o que tenho feito. Cada vídeo representa muito pra mim, e o feedback das pessoas é um combustível que legitima o meu trampo.”

Qual vídeo do quadro DellaMakeup é o mais acessado e por que?
– “O DellaMakeup com a Samira Close! Tanto a parte 1 (no canal dela) quanto a parte 2 (no meu canal) são ícones de vídeos. A gente aborda temas muito importantes como a relação abusiva da igreja com pessoas LGBTQ+, xenofobia e afetividade no meio drag. Além disso, é um vídeo hilário. Eu mesma já me peguei chorando de rir e chorando de emoção sem perceber.”

Você é uma drag famosa, quando vc se deu conta disso?
– “Não faz muito tempo e só penso nisso em momentos pontuais. Como no dia em que fui tocar em uma festa fora de São Paulo e a produção montou um meet & great pra tirarem foto comigo e me conhecerem. Eu poderia jurar que eu ia ficar lá em pé sozinha, síndrome de criança que fazia festa de aniversário e ninguém ia (hahaha) mas tinha uma fila enorme de pessoas querendo me dar um abraço. Eu fico muito feliz com o reconhecimento, mas não penso muito pelo ego. Eu trabalho demais, então fico feliz por ser sinal de que estou no caminho certo.”

Qual vôo mais alto a fama já proporcionou à Bianca?
– “Não precisar comprar mais roupa, nem peruca (hahaha), mas no fundo, acho que ser reconhecida e respeitada pelo meu trabalho é sempre o vôo que eu mais busco e dou valor. Quando falam o quanto os meus vídeos ajudam as pessoas a aprenderem, a saírem do buraco, não tem preço, por mais clichê que possa parecer.”

Onde Bianca quer chegar?
– “Quero me tornar uma grande comunicadora. Quem sabe um programa de TV? Seria incrível ‘Uma rainha fala pelo seu povo’ e eu sou uma rainha. Sendo assim, posso dar voz a pessoas que pouco são ouvidas pela sociedade.”

Bianca DellaFancy por Bianca DellaFancy?
– “Tudo.”

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos, designer gráfico, editor de vídeos, dono de concursos drag e o mais novo colaborador para conteúdos sobre diversidade LGBTQIA+ para o portal Pheeno.com.br