Deputado Federal Eduardo Bolsonaro compara casamento homoafetivo à relação entre homem e cachorro

Tem cachorro mais racional que deputado, enfim!

Em visita oficial da Comissão de Relações Exteriores da Câmara a Israel, o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do Presidente Jair Bolsonaro, deu uma entrevista à uma emissora de TV israelense e, ao defender a homofobia mais que declarada de seu pai, emitiu um comentário nada agradável.

“Não me importo. Se você diz que só é preciso amor para ser uma família, você vai dizer que eu e meu cachorro, eu amo meu cachorro, somos uma família. Entende? Você abre a porta para muitas coisas”, disse Eduardo.

O Deputado aproveitou a entrevista para fazer elogios ao Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu e afirmou esperar que tudo se resolva, numa referência às acusações de corrupção, fraude e de quebra de confiança que o político enfrenta na Justiça.

Em outubro deste ano Eduardo Bolsonaro ironizou a comunidade LGBT, quando postou uma imagem em uma rede social, com uma camiseta em que se via a sigla LGBT representada pela Estátua da Liberdade, uma arma e os rostos do pai e do presidente norte-americano Donald Trump.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto